domingo, 31 de agosto de 2014

Cabelos com pontas duplas.

O fio de cabelo é basicamente formado por 87% de queratina, 10% de água e 3% de lipídios. Metaforicamente os lipídios poderiam ser comparados ao cimento e a queratina seria os tijolos, sendo que a camada que recobre cada fio é composta por uma espécie de sebo cuja função é a de proteger os fios. Com o passar do tempo essa estrutura passa por várias mudanças que podem ocasionar o enfraquecimento da flora capilar, ocasionando danos aos cabelos.
Nada mais desagradável que o surgimento das horríveis pontas duplas, basta o cabelo crescer um pouco mais, e as pontas danificadas surgem, arruinando todo o visual. Levando em conta que a aparência do cabelo conta muito, e que os fios não se regeneram sozinhos, é sempre bom adotar medidas preventivas contra o surgimento das pontas duplas.
O primeiro passo nesse sentido é saber quais são os fatores que provocam danos aos fios. Identificadas às causas, é preciso saber o que fazer e também aprender a prevenir se contra o surgimento das detestáveis pontas duplas e quebradiças. Conheça os principais agentes motivadores, e saiba como corrigir e evitar o surgimento de pontas duplas do cabelo.

Causas das pontas duplas do cabelo

As pontas duplas surgem devido ao enfraquecimento da estrutura dos fios, e isso ocorre por conta de fatores externos e também a práticas equivocadas no tratamento do cabelo. No inverno, por exemplo, eles ficam bastante ressecados devido aos banhos mais quentes, o que aumenta o frizz e deixa os cabelos mais propensos a desenvolverem pontas duplas.
Já no verão, os danos são causados por agentes como sol, cloro de piscina, água do mar e a poluição ambiente. Em parte o desgaste natural ocorre devido a algumas práticas agressivas, entre elas o uso incorreto e demasiado de chapinha e secador. A escovação e a lavagem diária também contribuem para o enfraquecimento e o desgaste das madeixas.
Basta imaginar que as pontas dos fios são a parte mais velha do cabelo, tendo sido exposta por um longo período a toda sorte de agressões. Então nada mais natural que haja o enfraquecimento da fibra capilar e consequentemente o desmembramento que irá dar origem as pontas duplas.

Pontas duplas o que fazer

O primeiro passo é a retirada das pontas duplas e isso só é possível através do corte, não existem formulas mágicas ou milagrosas para esses casos. Feito o corte, é necessárioadotar medidas que protejam o cabelo no dia a dia. É aconselhável aplicar o protetor térmico sempre que for fazer uso do secador ou da chapinha. Mesmo que demore um pouco mais para secar ou alisar, vale muito a pena reduzir a temperatura desses aparelhos, afinal quanto mais quente maiores serão os riscos de danos aos fios.
O uso do reparador de pontas também é indispensável, lembrando que alguns produtos já trazem na formulação o reparador e a proteção térmica em um único frasco. São esses cuidados básicos, que toda mulher que almeja ter um cabelo saudável e bonito, deve adotar na preservação dos fios e na prevenção contra possíveis danos.

Pontas duplas como evitar

Para evitar as pontas duplas comece adotando hábitos alimentares que previnam contra à anemia, nos estados de anemia profunda os cabelos perdem o vigor e a elasticidade. Para as mulheres que adoram tingir os cabelos a dica é: cauterizar as pontas pelo menos uma vez por semana. A hidratação profunda também é essencial para uma flora capilar saudável e resistente as agressões externas.
O corte das pontas de três em três meses previne contra o surgimento de pontas duplas e ressecadas. Fazer uso de shampoo que contenha em sua formula, protetor solar, para evitar os danos causados pelos raios do sol, evitando o ressecamento, é uma ação preventiva indispensável.
E para quem faz química constantemente os cuidados devem ser redobrados, lembrando que os produtos químicos fragilizam os fios e reduzem a hidratação.
Fonte:http://mundomulheres.com

Os benefícios do mel.

Quantas vezes não ouvimos por aí que trocar o açúcar pelo mel é mais saudável, não é? O mel é um adoçante natural riquíssimo em nutrientes que só fazem bem para a saúde, como as vitaminas A, B, C e E, proteínas, cálcio, fósforo, zinco, potássio, ferro, sacarose e glicose, por exemplo. O que muitos desconhecem é que esse produto da Natureza é também um ótimo remédio natural  paraprevenir doenças e melhorar a pele. Até mesmo algumas linhas de cosméticos investem naspropriedades encontradas no mel para fazer xampus, sabonetes e hidratantes.
Os benefícios do mel

Benefícios e propriedades

Rico em propriedades anti-inflamatórias e antibióticas, o mel ajuda a tratar gripes, resfriados e casos de sinusite. Ele também previne o envelhecimento precoce e protege o organismo de doenças, aumentando a imunidade com a sua propriedade antioxidante. Com esse ingrediente feito pelas abelhas é fácil prevenir o corpo de anemia, aumento de colesterol  mau, infartos e vários outros problemas. Quem sofre de insônia, prisão de ventre e desestabilidade no sistema nervoso também é beneficiado com os poderes do mel. Adicionado a outros ingredientes, como a canela e o limão, pode ficar ainda mais saboroso e tratar até outras enfermidades.

Como consumir?

Existem várias maneiras de adicionar o mel ao cardápio diário. Apenas duas colheres de sopa fazem um efeito excelente para a saúde, adicionando muitas vitaminas e demais nutrientes. É possível colocar nas fruas, no iogurte natural, biscoitos, pães, cereais, panquecas e ainda adoçar o leite, café, suco e chá. O poder adoçante do mel é mais eficaz do que o do próprio açúcar, além de que é bem menos calórico (1 colher de chá contém 25 calorias).

Alguns tipos de mel

  • Silvestre: É tido como um laxante, tônico energético e estimulante da imunidade no organismo. A cor mais clara pode ser ingerida por crianças e idosos, já a mais escura os menores devem evitar.
  • Laranjeira: Alguns consideram o mel de laranjeira o mais saboroso, por seu gostinho que lembra a fruta. É um ótimo calmante, previne cãibras e distensões nos músculos, além de ser bom para regular o intestino.
  • Cipó-uva: Possui uma propriedade que atua na limpeza do fígado, é expectorante, desintoxicante e laxante natural.
  • Própolis e lótus: Esse mel é expectorante e dilata os brônquios. É bom para quem tem asma, amigdalite e sofre de bronquite.
  • Própolis e eucalipto: Essa dupla de ingredientes é a favorita para tratar a gripe e a sinusite. Ajuda a melhorar os problemas nos brônquios e é anti-inflamatório.

Lembre-se!

Gestantes, lactantes e diabéticos só devem tomar mel sob indicação médica. Já crianças de até um ano não devem ingeri-lo de forma alguma.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br

sábado, 30 de agosto de 2014

Dicas de cortes para cabelos volumosos.

Os tipos de cabelos  são muitos, e podemos confirmar o que muitos cabeleireiros dizem: Cada tipo de cabelo tem as suas vantagens e desvantagens, e em cada um deles, penteados, cortes  e cores diferentes combinam mais. Os cabelos volumosos  geralmente são os cacheados, crespos, ou muito finos. Os cabelos ondulados também podem apresentar em algum período da vida esse volume indesejado, que na maioria dos casos não é natural do cabelo, mas sim resultado da falta de uma boa hidratação ou condicionamento correto durante as lavagens. Para cada tipo de cabelo, as dicas variam, pois dependendo da estrutura e condição dos fios o tratamento é um. Mas não se preocupe tanto com o seu volume, aliás, hoje em dia muitos salões de beleza nos fornecem diversas opções de tratamentos com preços acessíveis para tratarmos dos fios rebeldes dos cabelos.
Dicas de cortes para cabelos cacheados e volumosos
Os cabelos cacheados não podem ser desfiados, pois isso ajuda ainda mais a aumentar o volume dos cabelos. É claro que estamos falando de uma maioria, e não citando regras, pois cada pessoa tem um estilo, e por isso faz o que mais lhe agrada em seu cabelo.
Para que o volume de seu cabelo não aumente, o indicado é: aposte mais em cortes repicados, que diminuam o volume. Cortes com a parte de trás em formato de U ao invés de V caem bem com cabelos cacheados, pois fazem as pontas parecerem mais comportadas e menos volumosas.
Agora, para que você não cometa nenhuma gafe em seu cabelo o não indicado é: corte reto não é indicado para cabelos cacheados, pois dá impressão de muito volume nas pontas. As franjas lisas também não ficam muito bem com cabelos cacheados, pois não fica nada natural, mas nada impede, pois estilo é estilo.

Dicas de cortes para cabelos ondulados e volumosos

Para os cabelos ondulados e com mais volumes é mais indicado cortes retos, que sejam menos desfiados e repicados, pois as ondas precisam de peso, e por isso, quanto mais longos e compridos, maior é o peso do cabelo, que deixa o cabelo menos armado. Esse tipo de cabelo combina muito com franjas longas, pois dá um aspecto muito natural ao cabelo.

Não indicado: O não indicado para os cabelos volumosos e ondulados é a franja curta, que tende a ter muito volume.

Dicas de cortes para cabelos lisos e volumosos

Dificilmente os cabelos lisos são volumosos, pois possuem mais peso e assim o volume é menor. Cabelos lisos e grossos geralmente não possuem volume, pois o peso não os deixa armar. Agora, cabelos lisos e finos sempre possuem volume, pois falta peso para mantê-los baixos. As dicas para reduzir o volume de cabelos lisos é repicar, pois dá mais caimento, e quanto mais comprido, mais peso, e menos volume.
Não indicado: Penteados curtos e desfiados por cima não são indicados para cabelos lisos. Aposte em hidratações semanais em salões de beleza, pois lhe trarão resultados muito mais satisfatórios.
Independente do seu tipo de cabelo, mantenha-o sempre hidratado, pois o volume pode ser consequência da falta de hidratação. E cabelos hidratados pesam e passam a possuir menos volume.
Fonte:http://mundomulheres.com/

Xarope de mel com limão e alho para tosse.

Quer combater a tosse e a irritação na garganta de um modo natural? Experimente fazer o xarope de mel  com limão e alho, sua eficácia já foi comprovada em tratamentos. Para conseguir entender o porquê de tanto sucesso, abaixo explicamos os componentes desse milagroso xarope e os benefícios que cada um traz à saúde.

Benefícios do mel
Xarope de limão, mel e alho

Embora usado em excesso possa virar um vilão da dieta, o mel é o único doce que contém proteínas, entre eles o potássio e o magnésio. Outro benefício que ele traz é o fortalecimento do sistema imunológico. Além disso, ele também possui propriedades antissépticas e antibióticas, ajudando também a tratar inflamações e outros problemas no trato respiratório.

Benefícios do alho

Um estranho hábito que acontecia há bastante tempo, era o consumo do alho puro para combater resfriados e reforçar o organismo. Felizmente, hoje essa prática radical já não é mais necessária, pois esse alimento está sempre presente no dia a dia e com a junção dos outros ingredientes, torna-se um grande aliado gastronômico, tanto para potencializar o sabor, como para deixar os alimentos ricos em nutrientes.
Benefício extra: O uso contínuo do xarope com alho reduz o colesterol  ruim e auxilia quem sofre de pressão alta e de cálculos renais.

Benefícios do limão

Pelo limão ser antioxidante, protege as células e a sua principal fonte de vitamina é a C, e isso essa fruta possui em abundância. O limão também é um forte aliado da dieta, pois além de possuir poucas calorias, as fibras presentes diminuem o apetite.
Dos três componentes do xarope, o limão é o mais poderoso e é quem mais possui propriedades que ajudam a combater as bactérias e a fortalecer as defesas do organismo.

Dicas para usar o xarope

Esses três alimentos combinados, são praticamente tudo o que o organismo precisa para se recuperar de tosses, resfriados e irritações na garganta.
Sua ingestão é recomendada no decorrer do dia e a dose máxima deve ser de três colheres.
Para quem tiver problemas em usar esse alimento, ele pode ser achado em cápsulas que são vendidas em farmácias de manipulação.

Como fazer o xarope

Ingredientes
1 dente de alho amassado
5 limões espremidos
3 colheres de sopa de mel
Modo de preparo
No liquidificador, coloque o alho, os limões e o mel. Bata tudo e guarde em um recipiente seco e com tampa. Mantenha na geladeira.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Pingentes para pulseiras femininas.

As mulheres egípcias, africanas e chinesas foram as primeiras a usarem pulseiras como adorno. O uso da pulseira teve início a cerca de 2000 antes de Cristo. As primeiras pulseiras femininas  eram confeccionadas a partir de plantas, madeiras e pedras. Com o passar do tempo surgiram às pulseiras de metal e era utilizado o bronze e principalmente o cobre. Os pingentes  para pulseira foram sendo adaptados ao longo dos anos. A pulseira é considerada um dos acessórios mais utilizados por mulheres de todo o mundo, ficando atrás somente do brinco. Atualmente os pingentes para pulseiras tornaram se um dos itens que tem muita procura no mercado de joias e semi joias ou bijuterias.
São vários os modelos, em diversas cores e tamanhos. A procura por peças em ouro e em prata é grande devido à durabilidade e o acabamento, caso queira optar por modelo mais despojado pode escolher os de cobre e pedras naturais.

Pingentes para pulseira modelos

Existem ainda os artesanais, confeccionados a partir dos mais variados tipos de material. A rica variedade disponível permite a escolha do tipo que mais combina com a pulseira ou colar. Mesmo diante da rica variedade em modelos e tamanhos os pingentes para pulseiras podem ser personalizados.
Alguns chamam a atenção pela beleza e os detalhes diferentes e criativos. As pulseiras banhadas em prata e adornadas com pedras coloridas, ou adornos em forma de gotas, ou ainda em metal na forma de gatos, pássaros ou outros animais, enriquecem o visual e criam um charme especial.
Podem ser encontrados nas mais diversas formas geométricas ou ainda em forma de sol, estrela, coração, símbolos religiosos e aqueles com nomes grafados ou apenas uma letra ou número. A grande vantagem é justamente poder escolher algo que todos estejam usando ou escolher algo que seja totalmente diferente e que chame a atenção por ser exclusivo.

Fonte:http://mundomulheres.com/

Óleo de açaí – Benefícios e propriedades.

planta do açaí é nativa das Américas Centrais e do Sul, e cresce  principalmente em regiões de planícies. Popularmente consumido por todo o Brasil, o açaí contém muitos benefícios para o corpo humano. Do fruto, é extraído um óleo que potencializa alguns de seus benefícios, e que contém o mesmo sabor, aroma e cor.
Óleo de açaí - Benefícios e propriedades

É um óleo rico em fitoesteróis, antocianinas e ácidos graxos essenciais, além dos flavonoides, combatentes dos radicais livres responsáveis por retardar o envelhecimento. Além disso, suas propriedades envolvem ações anti-inflamatórias, sendo muito usado em cosméticos e em produtos medicinais.

Benefícios

O combate ao envelhecimento se dá devido às antocianinas, que podem ser encontradas em vegetais vermelhos e roxos, e promovem ação antioxidante natural – diminuem a destruição das células. O ácido linoleico e o ácido oleico hidratam e nutrem a pele, ajudando a manter uma aparência mais saudável e macia. Além disso, o óleo de açaí estimula o processo de cicatrização por conter fitoesteróis. Estes atuam a nível celular, sendo eficazes no tratamento de dermatites e afecções.
Combatente do HDL, o colesterol  ruim, o óleo ajuda ainda a aumentar os níveis do HDL, que é o colesterol benéfico. Devido à presença de vitamina C, ajuda a preservar os ossos, gengivas, dentes e vasos sanguíneos, além de aumentar a absorção de ferro e de auxiliar no fortalecimento do sistema imunológico. Segundo estudos da USP, o óleo pode ser usado ainda como cicatrizante, sendo indicado para pessoas com dermatites e afecções. Sua eficácia neste tratamento se dá graças à alta taxa de fitoesteróis, potencializada na extração do óleo.

Como usar?

O óleo de açaí pode ser usado interna ou externamente. Para consumo interno, pode ser usado para temperar saladas e outros alimentos, de forma semelhante ao óleo de oliva. Esse óleo não deve ser usado para fazer frituras.Prepare o creme para hidratação misturando 5 ml do óleo de açaí para cada 250 ml de seu creme para o corpo. Para função emoliente e adstringente, o óleo, quando usado em cremes antienvelhecimento, deve ser aplicado preferencialmente à noite. O uso como creme e outros cosméticos não é indicado para quem tem problemas com acnes e pele oleosa. Caso queira adicionar o óleo em loções faciais, xampus e condicionadores, use uma quantidade menor, de duas a cinco gotas.

Contraindicações

Apesar de não haver contraindicações, é comum que algumas pessoas possuam intolerância ao fruto e óleo, de forma que o ideal é fazer um teste ingerindo, inicialmente, em pequenas quantidades.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br/

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Cinco produtos para reduzir as espinhas




Produtos para reduzir as espinhas
A pele do rosto é formada por inúmeros poros, por onde as glândulas sebáceas projetam sebo, substância gordurosa formada por uma mistura de água e queratina, transformando-se em brilho eoleosidade, sendo que ambos responsáveis por imperfeições indesejadas pelas mulheres, como, por exemplo, cravos, acnes, inflamações de folículos pilosos e também espinhas. Já que citamos as espinhas, que sempre surgem gigantes e cheias de pus, o ideal é não espremê-las, por mais vontade que dê, mas sim utilizar cinco produtos que prometem reduzir as espinhas e fechar os poros. Você sabe quais são estes cinco produtos para reduzir as espinhas?

Gel Secativo:

Com ácido salicílico em sua composição, o gel secativo deve ser aplicado diariamente na superfície das espinhas, pois fecha os poros que secretam oleosidade, mata as bactérias ocasionadas pelos cravos, reduz as inflamações das acnes e reduz o pus das espinhas, resultando na limpeza da pele, ao contrário de quem opta por espremer as espinhas, resultando no inchaço, na inflamação, nas cicatrizes e nas manchas indesejadas. Ao realizar a ação secativa na pele, o gel em questão deixa o rosto sem uma superfície irregular, típico das imperfeições, e com a mesma tonalidade original da pele, sem regiões avermelhadas.

Loção Tônica:

Com ácido hialurônico em sua composição, a loção tônica deve ser aplicada diariamente no rosto para remover impurezas, remover resquícios de maquiagem e controlar a produção de sebo, evitando a formação de imperfeições indesejadas, como os cravos, as acnes, as inflamações e as espinhas. A loção tônica é indicada para peles secas, pois é formulado à base de água e óleo. Quem possui o rosto oleoso por sua vez, deve optar pela loção adstringente, versão formulada à base de álcool, para não agravar a produção de sebo. O papel do ácido hialurônico é rejuvenescer e renovar a pele.

Máscara Esfoliante:

Ao longo do tempo, a pele vai ficando ressecada por conta dos fatores ambientais, dos cosméticos, do clima e das imperfeições, necessitando intercalar ciclos de hidratação, esfoliação e nutrição. Neste ponto, a máscara esfoliante permite remover as células mortas da superfície do rosto, estimulando a produção de colágeno a criar novas células na epiderme, de modo que haja uma troca. É a solução ideal para quem necessita que as suas imperfeições digam adeus e uma nova camada de pele renovada e saudável apareça no lugar. Contudo, deve-se intercalar os tipos de máscaraspara não ressecar o rosto inteiro.

Matificante de Oleosidade:

Ao contrário de quem possui a pele seca e opaca, as mulheres que sofrem com produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas se incomodam por causa do brilho e da oleosidade no rosto, derretendo qualquer tipo de maquiagem que é aplicada no rosto ao longo do dia, além disto tudo ser o meio favorito das acnes, das inflamações e das espinhas aparecerem. Neste ponto, o matificante deoleosidade serve apenas para manter o rosto livre do brilho, segurando a maquiagem por mais tempo, independentemente do motivo da produção. É o queridinho de quem almeja o efeito matte.

Sabonete de Glicerina:

Ao longo do dia, o corpo transpira água e os poros do rosto liberam a substância através das glândulas sebáceas. Mas, geralmente, junto com a água, também são liberadas toxinas escuras equeratina, deixando o rosto seboso e brilhoso. As toxinas escuras se transformam em cravos e o sebo estimula o surgimento de imperfeições, como as acnes, as inflamações e as espinhas. O uso excessivo de maquiagem entope os poros, piorando os problemas caso não haja limpeza diária. Um produto super indicado para limpeza é o sabonete de glicerina, cuja substância mantém a pele livre de oleosidade.http://www.patricinhaesperta.com.br/

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Benefícios e propriedades do chá das folhas de abacate

Fruta de consumo popular, o abacate é muito usado para fazer vitaminas e saladas, além de acompanhar pratos típicos. A fruta contém muitas vitaminas, sendo eficaz no tratamento de doenças diversas. Rica em vitamina E, glutationa e sais minerais, é usada para o tratamento de osteoporose, gripes, intestino preso, doenças de rins e pele, além de ajudar a acelerar a cura das fraturas ósseas. Além disso, o abacate é rico em gorduras monoinsaturadas, ajudando a aumentar o bom colesterol – LDL. Fonte de proteínas, a fruta fornece as quantidades necessárias do consumo diário de cálcio, magnésio e das vitaminas A, C, E e B6.
Benefícios e propriedades do chá das folhas de abacate

Folhas do abacate

Além dos benefícios citados da fruta, existem ainda os que são fornecidos pelas folhas do abacateiro. A árvore pode chegar aos 20 m de altura, e suas folhas podem ser verdes ou castanhas.
O chá das folhas é usado na medicina popular como diurético, além de ser eficaz no tratamento de diarreia, dores musculares, dores de cabeça, cansaço, bronquite, dores de garganta, tosse, gases e cálculos renais. Os benefícios deste chá se expandem ainda mais, ajudando na eliminação de parasitas intestinais, reduzindo as cólicas  e alterações de humor decorrentes da TPM e auxiliando no processo de emagrecimento. Por ser diurético, diminui o inchaço comum com o acúmulo de líquidos no corpo.

Como fazer o chá?

Para preparar o chá, adicione em um recipiente um litro de água e dez folhas de abacate. Leve ao fogo, espere ferver e, a partir do momento em que alcançar fervura, aguarde três minutos e desligue o fogo. Mantenha o recipiente tampado por mais dez minutos. Após esse período, coe e beba. O chá pode ser consumido quente ou frio, e pode ser adoçado com açúcar mascavo ou mel. É importante que seja consumido antes de completar 24 horas do seu preparo. A dose indicada é de dois a três copos ao dia.

Chá para tratamento de varizes

As folhas do abacate podem ser usadas ainda para combater as varizes. Para este fim, o tratamento deve ser feito com compressas. Para prepará-las, siga os passos abaixo:
Pique 12 folhas de abacate em um recipiente e adicione álcool comum de forma a deixar as folhas submersas. Coloque três pedras de cânfora e reserve o recipiente em local protegido de luminosidade. Deixe descansar por uma semana, e em seguida aplique em cima das varizes fazendo movimentos suaves. Com este processo repetido diariamente, você poderá notar melhora nas dores e na tensão causadas pelas varizes.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br/

Cuidados com o cabelo

Benefícios:
01) Hidratação para cabelos secos – mel
  • 2 colheres de azeite
  • 3 colheres de mel
  • 1/2 abacate amassado

Passo a passo: Passe a mistura 3cm longe da raiz.  Vá fazendo massagens na mecha de cabelo, no sentido da raiz até a ponta dos cabelos. Fique massageando cada mecha uns 2 minutos.  Repita este processo no cabelo todo. Deixe agir por 20 minutos.

02) Hidratação para cabelos secos –  azeite:

  • 3 colheres máscara de hidratação (qualquer marca de sua preferencia)
  • 1 colher se sopa de azeite de oliva
Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 25 minutos. Enxague em agua fria.
03) Hidratação para cabelos secos –  Bepantol solução:
  • 1 tampa de bepantol solução
  • 3 colheres de sua máscara de hidratação
Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos.
04) Hidratação para cabelos secos –  azeite e Bepantol solução:
  • 1 tampa de bepantol solução
  • 1 colher de azeite
  • 1 colher de máscara de hidratação
Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos. Enxágue em água fria.
05) Hidratação para cabelos secos – banana:
  • 1/2 maça
  • 1 banana
Passo a passo: Bata tudo no liquidificador. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos. Enxague em agua fria.
06) Hidratação para cabelos secos – cenoura:
  • 1/2 pote de iogurte
  • 1 colher de mel
  • 1/2 cenoura
Passo a passo: Misture tudo e passo nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos.
http://www.patricinhaesperta.com.br/

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Normalmente descartadas por todos, as cascas que protegem a gema e a clara do ovo são muito nutritivas e ricas em cálcio. O ovo, em si, é um alimento proteico completo, apesar de ter sido considerado por muito tempo um vilão para a saúde. O ovo, apesar de tudo que falam, é rico em colina que, além de ser ótima para o sistema nervoso central, para a transmissão dos impulsos nervosos e para toda parte da membrana da célula, quebra a homocisteína, elemento importante na proteção contra as doenças cardiovasculares.

Cálcio

O cálcio, presente no ovo, também pode ser aproveitado em sua casca. Para isso, pode-se secá-las e tritura-las, e em seguida usar no preparo de alguns pratos.
Mineral essencial para a saúde, o cálcio auxilia na formação dos ossos e dos dentes, além de, em conjunto com elementos reguladores, garantir a manutenção do equilíbrio do organismo. O cálcio, quando consumido em excesso, é eliminado pela urina e pelas fezes, ou seja, não é um mineral residual. Desta forma, seu consumo excessivo pode trazer problemas de sobrecarga ao sistema digestivo e excretor.
O cálcio é essencial para a alimentação em diferentes quantidades no decorrer da vida. Quando a alimentação não tem o preenchimento da quantidade necessária de cálcio, pode comprometer a formação do tecido ósseo, induzindo desta forma à perda de sua densidade e causando osteoporose. Esta doença, ao contrário do que muitos pensam, não atinge apenas os idosos, mas adolescentes e adultos mal nutridos deste mineral.

Farinha de casca de ovo

Casca de ovo - Benefícios e propriedades

Você pode consumir a farinha em saladas, como complementos de diversos pratos e de muitas outras formas aplicáveis à culinária. Para prepara-la, após usar os ovos, reserve as cascas para que seja feita a higienização imediata.
Higienizar: coloque 1L de água fria e uma colher de sopa de água sanitária em um recipiente. Em seguida, coloque as cascas e deixe de molho por trinta minutos. Após este período, enxágue com água limpa, ou então deixe que o cloro evapore sempre avaliando o cheiro.
Farinha: Com as cascas devidamente higienizadas e secas, pegue um liquidificador. Coloque as cascas dentro, e bata até que fiquem quase em pó. Feito isso, pegue uma peneira fina, e passe todo o material das cascas. Este processo é realizado para separar a película da parte interna da casca. Armazene em um frasco ou saco fechado em temperatura moderada, em ambiente fechado, e não se esqueça de adicionar a data em que foi feita. Consuma em até seis meses.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br

domingo, 24 de agosto de 2014

Jurubeba – Benefícios e propriedades.

Para quem não conhece, a Jurubeba é uma planta medicinal, conhecida como jubebe, jurubeba-verdadeira, jupeba, juribeba, jurupeba. Ela tem um gosto amargo e pode chegar a ter 3 metros de altura, possui folhas lisas e espinhos no tronco. Nela encontramos pequenos frutos amarelos e flores da cor lilás ou brancas.
 Jurubeba - Benefícios e propriedades

A utilização da jurubeba

Ela pode ser utilizada na culinária e como auxiliar no tratamento de doenças como a anemia e doenças do fígado e digestivas. Pode ser comprada em lojas de produtos naturais e em alguns mercados.

Qual a função da jurubeba?

Ela serve para diversas coisas, como auxiliar no tratamento de várias doenças, como a hepatite, gastrite, úlcera, anemia, acne, anorexia, azia, ressaca, tosse, bronquite, problemas de bexiga, cistite, contusão, febres, diabete, gripe, náuseas e também tumores abdominais e uterinos.
Para quem está em regime a Jurubeba é uma pedida, pois auxilia no emagrecimento.

Propriedades da jurubeba

As propriedades existentes na jurubeba são medicinais, ela é anti-inflamatória, descongestionante, digestiva, diurética, contra febre, protetora do fígado, tônico vascular.
Suas raízes e seus frutos são ricos em propriedades estimulantes, laxantes e tônicas, que é eficaz contra diabetes além de purificar o sangue e também desobstruir o fígado e o baço.

Efeitos colaterais e contraindicações da jurubeba

Os efeitos que a Jurubeba pode causar em uma pessoa poderão ocorrer com o uso prolongado da planta. Ela possui alta concentração de alcaloides e esteroides que podem causar em alguns casos diarreias, aumento das enzimas hepáticas, gastrite, náuseas e vômitos.
Seu uso deve ser evitado durante gestações, amamentação e não se deve utilizar por tempo prolongado, pois pode causar intoxicação.

O modo de uso da planta

Ela pode ser usada em chás, sucos das raízes ou dos frutos, como tintura ou em pó. O chá para uso interno é feito da seguinte forma: 2 colheres de sopa de folhas, frutos ou flores da planta, mais 1 litro de água. É recomendado tomar o chá 3 vezes ao dia, ele deve estar morno e sem açúcar.
Também existe o chá que é realizado para gargarejos e cicatrização de feridas e acne. Para fazer esse chá é necessário colocar uma colher de sopa de folhas cortadas em pedaços bem pequenos em uma xícara de chá de água em fervura. Deixe ferver por 10 minutos e coe. Depois de feito esse procedimento você deverá aplicar no local ou usar morno para gargarejos.
Quando passar por um dia de ressaca o chá de jurubeba pode ser uma saída, tomando uma dose do chá antes de dormir, você acordará bem, e sem as dores de cabeça e sintomas de uma ressaca.
Fonte:http://beneficiosnaturais.com.br