sábado, 25 de julho de 2015

4 passos para eliminar o mau hálito definitivamente


Para eliminar o mau hálito de uma vez por todas deve-se comer alimentos de fácil digestão, manter a boca sempre úmida, além de manter a boa higiene bucal, escovando os dentes e passando o fio dental todos os dias. No entanto, é importante observar atentamente o interior da boca porque as cáries nos dentes e o tártaro podem causar halitose, assim como outras alterações como amigdalite e sinusite, por exemplo.
Para curar o mau hálito é aconselhado adotar os seguintes passos:

1. Manter a boca devidamente limpa

Ao acordar, após as principais refeições e antes de ir dormir deve-se passar o fio dental entre os dentes e a seguir, escovar corretamente os dentes com uma escovinha firme, mas macia e cerca de meio centímetro de pasta de dente, esfregando todos os dentes e também a língua, interior das bochechas e o céu da boca. Após enxaguar a boca deve-se usar um antisséptico bucal para eliminar os germes que possam ainda estar alojados dentro da boca.
Entretanto, comer uma maçã após uma refeição pode ajudar a manter a boca mais limpa, quando não se tem tempo para escovar os dentes por causa da escola ou trabalho, por exemplo.

2. Ter a boca sempre úmida

Beber bastante água ajuda a manter as mucosas devidamente hidratadas e o hálito puro, e quem não gosta muito de beber somente água pode experimentar colocar o suco de meio limão, ou outras frutas fatiadas em 1 litro de água, por exemplo, para que seja mais fácil consumir 2 litros de água por dia. Os sucos de frutas cítricas como laranja ou tangerina também são boas opções para acabar com o mau hálito, mas devem ser consumidos regularmente.

3. Evitar ficar mais de 3 horas sem comer

Ficar mais de 3 horas sem comer é uma das causas do mau hálito e por isso é importante ter sempre algo no estômago, os alimentos de fácil digestão, como saladas cruas, legumes cozidos e carnes magras são mais indicados porque possuem menos gorduras e passam rapidamente pelo estomago. Para os lanches as frutas e o iogurtes são os mais indicados porque fornecem energia com menos calorias do que salgadinhos e refrigerante, por exemplo, e também são mais facilmente digeridos.
Além disso, deve-se evitar o consumo de alimentos que promovem o mau hálito como alho e cebola crua, por exemplo. No entanto, o mau hálito também pode ser causado por outras situações como amigdalite, sinusite ou caseum na garganta e por isso deve-se observar se existem outro sintomas envolvidos como dor de garganta ou na face.

4. Utilizar soluções caseiras

Mascar folhinhas de hortelã, cravo-da-índia ou pedacinhos de gengibre podem ajudar a manter o hálito puro porque são aromáticas e possuem propriedades antissépticas que combatem os micro-organismos que podem estar no interior da boca.

Antisséptico natural para um hálito puro

Uma boa solução caseira para combater o mau hálito é utilizar um antisséptico bucal misturando 2 colheres de sopa de água oxigenada em meio copo de água, ou usando a seguinte receita:

Ingredientes

1 colher (de chá) de extrato de hamamélis
½ colher (chá) de glicerina vegetal
3 gotas de óleo essencial de hortelã
125 ml de água

Modo de preparo

Colocar todos os ingredientes em um recipiente e agitar bastante. Fazer bochechos diários com este preparado sempre que escovar os dentes.
Essas plantas medicinais são facilmente encontradas em farmácias de manipulação e em lojas de produtos naturais.

Quando ir ao médico

Apesar de não ser uma causa frequente o mau hálito também pode ser causado por graves problemas de saúde como o câncer e por isso, se você já tentou de tudo mas não consegue vencer o mau hálito é aconselhada uma consulta médica para realizar exames a fim de identificar o que está causando a halitose. Após ir ao dentista pode ser necessário ir ao gastroenterologista ou ao otorrinolaringologista.http://www.tuasaude.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário