quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Inseticida natural contra Dengue

base de cravo-da-índia é indicado como forma de prevenção da dengue, através da eliminação do mosquito, e deve ser utilizado em pratos de vasos de plantas.
Ingredientes:
Modo de preparo:
Bater os 2 ingredientes no liquidificador, coar e guardar num recipiente de vidro, escuro.
Colocar uma pequena quantidade em todos os pratos dos vasos de plantas. É eficaz por 1 mês.
O cravo-da-índia possui propriedades inseticidas, fungicidas, antiviral, antibacteriana, analgésica e antioxidante e quando utilizado desta forma mata as larvas do mosquito Aedes Aegypt que se proliferam nas águas dos vasos de plantas. Citronela







A citronela é uma planta medicinal muito utilizada como repelente para insetos, sendo muito eficaz contra moscas, mosquitos e formigas.
O seu nome científico é Cymbopogon nardus e pode ser comprada em algumas farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais.
Para que serve a citronela
A citronela serve para tratar febres intestinais e distúrbios digestivos. Também é muito utilizada como repelente para insetos e na aromaterapia.
Propriedades da citronela
As propriedades da citronela incluem sua ação insetífuga, calmante, bactericida, febrífugo, sudorífica e carminativa.
Modo de uso da citronela
A citronela pode ser usada em forma de pó, em folhas ou em óleos.
  • Repelente de citronela: Cortar pequenos pedaços da folha da citronela e colocar num prato. Trocar diariamente.
Efeitos colaterais da citronela
O efeito colateral da citronela é alergia na pele.
Contraindicações da citronela
Não foram encontradas contraindicações para a citronela.

Conheça 3 Repelentes Naturais para afastar os mosquitos


As picadas de mosquitos são desagradáveis e podem causar doenças como dengue, Zika e Chikungunya que podem comprometer a saúde e o bem-estar. Além disso, o uso de repelentes e inseticidas em spray estão relacionados ao aumento de casos de alergias, asma, rinite e urticária.
Assim, o que se pode fazer para se proteger é usar repelentes naturais diariamente e adotar plantas que afastam os insetos e investir nos alimentos que contém vitamina B1, que também atua como repelente.
3 repelentes naturais que afastam os mosquitos
Veja quais são e como usar estes repelentes.
1. Alimentos ricos em vitamina B1
Um ótimo repelente natural é consumir alimentos ricos em vitamina B1 como carne de porco, sementes de girassol ou castanha do pará. Esta é uma ótima alternativa de repelente natural, especialmente para as pessoas que têm alergia às picadas de insetos ou mesmo aos repelentes industrializados.
Os alimentos ricos em vitamina B1 incluem:
  • Levedura de cerveja em pó, gérmen de trigo;
  • Sementes de girassol, castanha-do-pará, amendoim;
  • Presunto, lombo de porco cozido, carne de porco assada;
  • Flocos de cereais, ovomaltine.
Outra forma de garantir a ingestão de vitamina B1 é recorrer a um suplemento vitamínico orientado por um nutricionista. Assista ao vídeo e confira como consumir:
2. Óleos essenciais que protegem a pele
Uma outra excelente opção de repelente natural para aplicar na pele a cada 3 ou 4 horas são os óleos essenciais de citronela, copaíba e andiroba.
  • Óleo de citronela: colocar entre 6 a 8 gotas do óleo de citronela na água do banho, ou aplicá-lo diretamente sobre a pele, diluído com óleo de amêndoa, uva ou camomila.
  • Óleo de copaíba: adicionar 6 gotas do óleo essencial de copaíba a 2 colheres de sopa de óleo de calêndula e aplicar na pele.
  • Óleo de andiroba: aplicar o óleo diretamente na pele, até ser totalmente absorvido.
Estes óleos devem ser usados em conjunto com a alimentação rica em vitamina B1, para afastar os mosquitos e podem ser usados em crianças com mais de 2 meses de vida e gestantes, sem prejudicar a saúde.
3. Velas e plantas que afastam os mosquitos
As velinhas de citronela e os vasos de plantas que tem cheiros mais intenso como hortelã, alecrim, manjericão, além de poderem ser usados para temperar os alimentos, também ajudam a afastar os mosquitos. Por isso ter sempre em casa vasinhos de plantas que são naturalmente repelentes pode ajudar a manter o Aedes Aegypti afastado, se protegendo contra doenças.
O uso destes repelentes naturais é uma excelente estratégia para manter os mosquitos longe, sem causar danos ao ambiente ou problemas de saúde, podendo inclusive substituir o uso de inseticidas industrializados que geralmente são usados para combater os mosquitos e outros insetos de dentro de casa.
  • http://www.tuasaude.com/

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Benefícios do chá da folha de siriguela para reduzir os sintomas da dengue


Benefícios do chá da folha de siriguela para reduzir os sintomas da dengue


A siriguela, de nome científico spondias purpurea, é uma planta pertencente à família das anacardiáceas, sendo também conhecida como ameixa-da-espanha, cajá vermelho e ciroela. É originária das Américas Central e do Sul, sendo encontrada na região Nordeste do Brasil e também cultivada no estado de São Paulo.

Devido às suas propriedades, o chá da folha de siriguela pode ajudar a reduzir os sintomas da dengue.

Chá da folha de siriguela para dengue

Em tempos de epidemia de dengue, é comum o aparecimento de várias receitas caseiras que prometem acabar com o mosquito e curar a doença. Uma novidade foi importada da Colômbia: trata-se da mistura do chá de folha de siriguela e suco de uva para amenizar os sintomas da dengue.
Após contrair dengue, a Dra. Dejanira Franceschi de Angelis, docente do Departamento de Bioquímica e Microbiologia do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus Rio Claro, decidiu experimentar a mistura e obteve resultados satisfatórios. De acordo com a docente, após ingerir o suco, ela sentiu a redução das dores no corpo e o mal estar típicos da doença. Ela ainda afirma que conversou com outras pessoas que testaram a mistura e que obtiveram resultado similar, com a redução dos sintomas típicos da dengue.

Benefícios do chá da folha de siriguela para reduzir os sintomas da dengue

É importante ressaltar que a professora é categórica ao afirmar que não existe nenhuma comprovação científica relacionada ao chá para tratamento da dengue. O efeito também depende de como cada organismo vai reagir, sendo assim, algumas pessoas podem ter resultados positivos, enquanto outras não sentirão diferença alguma.
A docente ainda ressalta que, mesmo tomando o chá, os pacientes devem seguir o tratamento recomendado pelo médico. O chá concentrado da folha de siriguela diluído em suco de uva, utilizado na Colômbia, poderia servir apenas como um complemento ao tratamento médico.
Ainda não existe um tratamento específico contra o vírus da dengue. O Ministério da Saúde recomenda a ingestão de muito líquido, repouso e o uso de paracetamol ou dipirona para controlar a febre (medicamentos com ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios não podem ser utilizados, pois podem levar à dengue hemorrágica).

Propriedades e benefícios da siriguela

Com propriedades diurética e energizante, a siriguela é indicada para aliviar espasmos, diarreia, disenteria, febre, gases, inflamação, limpeza de feridas e queimaduras.
É fonte de vitaminas A, B e C, além de conter minerais como cálcio, fósforo e ferro, sendo recomendada no tratamento de anemias e para fortalecer a imunidade.
Esta fruta também é rica em substâncias antioxidantes, compostos que agem contra os radicais livres.http://beneficiosnaturais.com.br/

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Repelente eletrônico contra mosquitos


Um ótimo repelente eletrônico contra mosquitos e outros insetos é colocar 1 fatia retangular da casca de limão ou de laranja dentro do local reservado para colocar o refil dos repelentes eletrônicos que se coloca nas tomadas e trocar a casca diariamente.
Repente caseiro para moscas
Um ótimo repelente caseiro para moscas é colocar de 15 a 20 cravos-da-índia espetados na metade de um limão ou de uma laranja.
Ingredientes
  • 1 pacote de cerca de 10 g de cravo-da-índia
  • 1 laranja ou 1 limão
Modo de preparo
Corte a laranja ou o limão no meio e espete os cravos da índia na parte interna da fruta e deixe ao ar livre. Para potencializar este repelente natural, pode-se espremer um pouco a fruta, para que o suco fique mais evidente e tenha maior ação em conjunto com os cravos.
O cravo da índia possui propriedades que irritam os insetos e estas propriedades ficam mais evidenciadas em contato com estas frutas cítricas.
Além destes repelentes naturais, existem também alguns repelentes comerciais como o Exposis ou o Off, que podem ser usados por grávidas e crianças e que ajudam a proteger contra a picada do mosquito. Saiba quais são os repelentes industriais que podem ser usados por grávidas e que foram aprovados pela Anvisa em 

  • http://www.tuasaude.com/

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Repelente caseiro para bebês e crianças


Resultado de imagem para fotos alfazema
Outro ótimo repelente caseiro para bebês, a partir de 2 meses de vida, é o creme hidratante com óleo essencial de alfazema.
Ingredientes
  • 1 embalagem 150 ml do hidratante Proderm
  • ​1 colher de óleo essencial de alfazema
Modo de preparo
Num recipiente de vidro misture muito bem o conteúdo de cada uma destas embalagens e depois guarde-a novamente no frasco do Proderm. Aplique em todas as áreas do corpo expostas ao mosquito, diariamente, de 6 a 8 vezes por dia.

O complexo B possui um aroma que afasta os mosquitos, prevenindo suas picadas. Mas uma forma de complementar deste tratamento caseiro é acender uma vela de citronela, que também é um excelente repelente natural em cada cômodo da casa para manter os mosquitos afastados.

http://www.tuasaude.com/

Repelente caseiro afasta o mosquito da Dengue, Zika e Chikungunya




Os repelentes devem ser aplicados no corpo, especialmente quando há epidemias de dengue, zika e chikungunya, porque eles previnem a picada do mosquito Aedes Aegypti que transmite estas doenças. A OMS e o Ministério da Saúde alertam para o uso de repelentes que contenham substâncias como DEET ou Icaridina acima de 20% para adultos, e de 10% para crianças com mais de 2 meses de vida.
No entanto, os repelentes caseiros também são ótimas opções para se proteger contra os mosquitos porque possuem aromas que são desagradáveis para estes e não contém substâncias tóxicas que possam prejudicar o organismo, sendo ótimas opções para adultos, crianças e gestantes.
Repelente para adultos e gestantes
Um excelente repelente caseiro para o mosquito da dengue, que pode ser usado por adolescentes e adultos, incluindo as mulheres grávidas é o de cravo-da-índia, muito utilizado por pescadores, porque o cravo da índia é rico em óleo essencial e em eugenol, uma propriedade inseticida que afasta mosquitos, moscas e formigas. Veja a receita:
Ingredientes
  • 500 ml de álcool de cereais;
  • 10 g de cravo-da-índia;
  • 100 ml de óleo de amêndoas, mineral ou outro qualquer.
Modo de preparo
Coloque o álcool e o cravo da índia num frasco escuro com tampa ao abrigo da luz por 4 dias. Mexa esta mistura 2 vezes por dia, de manha e à noite. Coe e junte o óleo corporal, agitando ligeiramente. Coloque o repelente num recipiente spray e aplique na pele diariamente.

Como usar repelente caseiro
Pulverize o repelente caseiro em toda região do corpo exposta ao mosquito, como braços, rosto e pernas, e reaplique o repelente sempre que praticar esporte, suar, ou molhar-se. O tempo de duração do repelente na pele é de 3 horas, após este período ele deve ser reaplicado em toda a pele sujeita à picadas.
Outra orientação importante é pulverizar este repelente também por cima das roupas porque o ferrão do mosquito pode atravessar tecidos muito finos, chegando a pele.

Aplicar esta loção nas superfícies que costumam ter formigas também é uma ótima forma de afastá-las. Mas, se as formigas costumam ficar no açúcar, o que se pode fazer é colocar algumas unidades de cravo da índia dentro do açucareiro.
  • http://www.tuasaude.com/

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Cabelo cacheado em dias quentes: 7 dicas para lidar com os cachos


Só quem não nasceu ““do lado liso dos fios” sabe como é difícil cuidar do cabelo cacheado em dias quentes.
À medida que a temperatura sobe, o frizz aumenta, mas há maneiras de combater isso.
Hoje, trouxemos sete dicas incríveis para você aprender a lidar (e cuidar) do seu cabelo cacheado em dias quentes e deixar a frustração de lado.
Pronta para conferir? Tome nota!
Cabelo cacheado em dias quentes

Não lute contra a natureza

Uma das melhores dicas para todos os tipos de cabelo é aceitar o que você tem. Não há problema algum se seu estilo de cabelo é diferente de algumas mulheres que você conhece. Apesar dos pesares, certamente você pode desfrutar de penteados que elas não podem, então, valorize-o!
Apostar na textura natural dos seus cabelos será sempre a saída mais fácil. Isso significa que uma mulher de cabelos cacheados sempre poderá cuidar melhor das madeixas se elas continuarem cacheadas. O mesmo vale para quem tem cabelos lisos.
Especialmente no verão, quando os cabelos tendem a enrolar mais, é melhor não lutar contra a natureza.

Sempre deixe os cabelos secarem naturalmente

Utilizar o secador, principalmente em dias quentes, pode aumentar ainda mais o frizz, portanto, é sempre uma melhor escolha deixar os cabelos secarem naturalmente.
Você pode aplicar seus produtos de cuidados/finalização que sempre aplica, mas deixe de lado o secador.

Experimente um spray de sal marinho

Um spray de sal marinho pode ser o melhor amigo do cabelo cacheado em dias quentes. Ele estimula as ondas naturais e destaca a textura, ajudando no estilo.
Há uma infinidade de marcas de spray de sal marinho que você pode comprar, mas de um modo geral, todos ajudarão você nos dias quentes.

Para cuidar do cabelo cacheado em dias quentes não abra mão do condicionador

Se você tem cabelos cacheados, o condicionador deve fazer parte de sua rotina de cuidados.
Os cabelos cacheados são sedentos pela hidratação e umidade que o condicionador proporciona, então, certificar-se de usar condicionar sempre que você lavar o cabelo pode ajudar a combater o frizz nos dias mais quentes.

Trate suas pontas com cuidado

Uma das mais incríveis dicas para cuidar do cabelo cacheado em dias quentes envolve tratar com muito cuidado as pontas, principalmente se elas já estiverem secas e/ou quebradiças.
Procure produtos que ajudem a minimizar esses problemas para que você possa combater também o frizz e obter um cabelo sedoso.

Aproveite a tendência das tranças

As tranças estão em alta novamente. Nos dias em que os seus cabelos simplesmente não estiverem colaborando, aposte nessa tendência.
Você pode escolher um penteado com uma única trança, mas há muitas variações que podem criar visuais incríveis em seu cabelo cacheado em dias quentes.
Procure novas combinações, faça alguns testes e encontre as tranças que mais combinam com você.

Não menospreze o coque bagunçado

Assim como as tranças, o coque bagunçado é outra grande tendência que cai como uma luva para quem tem o cabelo cacheado. Esse tipo de cabelo possui textura suficiente para segurar um coque bagunçado.
Lembre-se: muitas mulheres que tem o cabelo liso já quiseram apostar nesse penteado algumas vezes. Você tem muitas vantagens nesse momento!
Gostou? Quer mais dicas ? Então conheça o Curso “Cuidados Para Cabelos Cacheados” apresentado por uma cacheada de nascença, assumida e apaixonada pelos cabelos que a natureza caprichosamente lhe deu.
http://www.sitedebelezaemoda.com.br/